terça-feira, 15 de maio de 2007

Margarida Paredes

Nasceu no Penedo da Saudade em Coimbra no dia 6 de Maio de 1953.
Em 1974 abandonou o curso universitário na Bélgica para lutar pela independência de Angola ao lado do MPLA, movimento ao qual aderiu em 1973.

Passou por Brazzaville e foi uma das primeiras militantes vindas do Congo a entrar em Luanda após o 25 de Abril de 1974.

Depois da independência abandona o exército angolano para trabalhar no Conselho Nacional de Cultura com o poeta António Jacinto onde desenvolveu projectos na área dos espectáculos e artes plásticas, trabalhando com “crianças-soldado” e órfãos de guerra.

Regressou a Portugal em 1981.

"O Tibete de África" é o seu primeiro romance. Veja AQUI a nossa leitura.

2 comentários:

sonia disse...

viva! finalmente te encontro. sou a sónia lavinas e estou no brasil. bj

Guida disse...

Oi, deixa o contacto por favor. Bj